Falece ex-presidente do IPT             

 

 Engenheiro Alberto Pereira de Castro foi presidente do instituto por 18 anos
Mauricio Lima

 

O engenheiro Alberto Pereira de Castro, ex-presidente do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas), faleceu na sexta-feira (13). O engenheiro tinha 95 anos e presidiu o IPT durante 18 anos (1996-2005). Pereira de Castro nasceu em 1915 em Mineiros (Goiás) e se formou em engenharia civil pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo em 1938, especializando-se em metalurgia. Ingressou no IPT em 1939, foi diretor superintendente entre 1968 e 1985 e diretor vice-presidente entre 1995 e 1996. Em 2004, recebeu a Medalha do Conhecimento do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, pelo "papel protagônico no progresso técnico do setor industrial brasileiro". Na justificativa, o ministério destacou a participação decisiva de Pereira de Castro "na criação e na gestão transformadora de instituições fundamentais do sistema nacional de inovação tecnológica", dentre elas a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), o Grupo Executivo da Indústria Automobilística, a Abipti (Associação Brasileira das Instituições de Pesquisa) e a Associação Brasileira de Metalurgia e Materiais. Em 2005, foi criada a Universidade Corporativa Alberto Pereira de Castro (UCA), em sua homenagem.